quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Há determinadas expressões que ouvimos dizer, mas que nem reflectimos bem ao ouvi-las, não pensamos logo no significado ou até se tem total lógica ou compreensão ao ouvir...

Já não seria a primeira vez que ouvia frases como estas:
- aquele filho da P#t@ deixou-me na m£rd@, nem quis saber de mim para nada...
- vou ficar eternamente agradecido a X porque foi quem mais me ajudou quando mais precisei, tirou-me da m£rd@...
- quando mais precisei dele/a não quis saber..
- etc

Ora bem, nunca tinha visto neste ponto, mas...
aprendi definitivamente (enquanto via um filme à noite na RTP1) que nem todos os que cagam em nós, são necessariamente nossos inimigos e que nem todos os que nos tiram da merda são nossos amigos...

Estranho não é? mas parece que é mesmo possível (por acaso nunca passei por isso, para poder falar da minha justiça :P)

E até deixo aqui um exemplo (muito resumido) que deu no filme:
uma pássaro (até acho que era um pato transformado num cisne, mas adiante) enquanto voava, cai de repente congelado...
passa uma vaca e caga em cima dele, como a m£rd@ estava quente, descongelou o pássaro, e então este agradece por estar vivo... vem de seguida um gato(ou aguia) que lhe tira a m£rd@ de cima e come-o...

Portanto...
Se alguém cagar para vocês, não levem muito a mal (pode dar bons frutos :P) mas se alguém vos tira da m£rd@, nunca mostrem logo o quanto estão gratos.
Deixem passar um tempo para analisar a situação... ehehe

ACRESCENTO às 14:40 : há um blog, com o mesmo tema que o meu, não com a mesma escrita, mas com o texto parecido, tirando umas partes que eu pus a mais... Mas garanto que não foi copiado, uma vez que vi ontem num filme e mesmo ontem o apontei num papel para hoje não me esquecer, uma vez que o sono ontem ja estaria muito visível...
Até porque sou contra quem copia de uns blogs para os outros...

10 comentários:

S* disse...

Eu analiso tudo cuidadosamente. E ninguem me pisa os calos.

Soraia Silva disse...

S*:

olha que nao analisas tudo, tudo...
va viste bem a frase que escreveste??
tu sabes que os calos, às vezes precisam de pensos nao sabes? nem esses te calcam?? (va, sem mentir) ehehehe

na brinca :)

beijoca

.::Bomboc@ disse...

Opah... que cena! Postamos a mesma coisa! Lol
Eu por acaso já tinha ouvido a historieta, mas nao lhe tinha dado muita atenção, mas ontem vi o filme (chama-se Assasinos)e aquilo ficou-me.

Nirvana disse...

Adorei, Soraia ;))
Não vi o filme, mas às vezes é bem verdade, infelizmente. Quantas vezes o que move as pessoas é o interesse e enquanto te "passam a mão pelo pêlo" estão a tramar-te por trás.
Por outro lado, quem é o primeiro a dar-nos a mão é a pessoa que menos esperaríamos.
Enfim, a viver e a aprender...

Mas... coitado do pato!

Bjks

Mário Rodrigues disse...

Olá Soraia

Achei muita piada ao teu post pela exposição explícita. Para acrescer ao que dizes deixo dois exemplos. O “diler” da rua que arranja uma dose nas boas... O médico que deixa de ressaca trancado a enfrentar os demónios... Anjos, ou talvez não...

Beijo

E... disse...

Concordo contigo!

Mas a história do pato, em certa medida, faz-me lembrar a do Sambi!

lol

Soraia Silva disse...

.::Bomboc@ :

parece que tivemos mesmo as mesmas ideias :P

eu tambem so comecei a ver o filme ja estava a meio...
e o tiluo tambem sabia, mas o sono, fez-me esquecer :P

beijinho

Soraia Silva disse...

Nirvana:

como tu dizes e bem, a viver e a aprender...

e este pato infelizmente caiu no sitio errado, à hora errada! :P

beijinho :)

Soraia Silva disse...

Mário Rodrigues:

assim de repente, nao estou a ver qual é :S

mas vou-me informar e depois digo-te qualquer coisa :P

beijinho :)

Soraia Silva disse...

E...

teria de ter mais informaçoes sobre o Sambi, porque nao estou a quer quem é...

beijinho:)