terça-feira, 17 de março de 2009

No hospital...

Oh pá, estas cotas são demais (algumas) …

Hoje estava no hospital, e apesar de ter apanhado uma grande seca (cerca de 5 horas), à espera que me chamassem e ter apanhado uma dor horrível de cabeça, ainda tive que ouvir conversas ridículas…

Conversas deste género:

Ela: É ela (Manuela ferreira leite) e o Pinóquio…
A outra: Quem é o Pinóquio?
Ela: O Pinóquio é o Sócrates, tem um nariz grande…
A outra: eu não acho que seja grande…
Ela: tem tem…
A outra: eu sei que não sou especialista nisto, mas eu acho que ele não tem um nariz grande, mas pronto, não sou especialista…
Ela: tem tem que eu vi, puseram-no assim….


Como quando estavam por exemplo a ver o telejornal das 13h…

A noticia de uma criança que caiu do 5ºandar (15 metros) e que entrou em coma…
Ela: que horror, estes descuidos são culpa dos pais
A outra: mas aquilo nem tem espaço para ele cair
Ela: deve ter caído enquanto estava no colo da mãe.
A outra: eram tão pequeno tinha um ano e sete meses…
(entretanto aparece no ecrã a dizer: bebe caiu de 5ºandar e está em coma (uma coisa deste género))
Ela: olha, vê, tem 4 anos e meio…
(e nem viu a idade nessa altura, nem o som quase tinha)

Uma mãe vai a um programa da tv…
Era uma mãe desesperada a tomar conta da filha deficiente….

Ela: eu já passei por tanto e nunca fui à televisão, estas arranjas qualquer coisa para ir, só para se darem…
(olha APENAS para as imagens da tv)
Ela: ai que horror, que rapaz, ao menos podiam arranja-lo melhor
A outra: que rapaz, realmente podia mudar de roupa
(diz um homem muito calmamente a “ela”, que era uma rapariga e que era deficiente)
Ela: ai, coitadinha, é uma pena…


Num programa falam de Simão saborosa …

Aparecendo no ecrã “Filipa e Simão Saborosa” uma senhora pergunta-me:

-Que chatice, o que aconteceu à Filipa filha de Simão? Eu não percebi…
Como a tal Filipa era a mulher do Simão eu respondi:
-Não foi a Filipa, pois essa é a mulher, foi o sobrinho que desapareceu no mar…

Outra mete-se e diz:
O rapaz morreu e agora não o encontram, também foi culpa dos pais que tinham que estar atentas

Como outra ao telemóvel:

“Oh lá tas tu…
Ele é agressivel, eu só o conheço como agressivel…”

E eu só me perguntava: agressivel? Mas que agressivel? Agressivo se faz favor… fez-me logo lembrar aquele questionário das palavras correctas que perguntam às pessoas pela rua…
“a senhora acha que está mais correcto ao dizer-se agressivel ou agressivo?)….


Enfim… só queria mesmo que me chamassem para ser atendida… sair do hospital, poder ir a uma casa de banho que não fosse de lá (porque a casa de banho estava uma cagada e esperei cerca de 4 horas aflitinha) e comer uma pratinho de comida (uma vez que não quis sair do meu lugar para ir buscar qualquer coisa, não fossem eles chamar-me e eu ter saído (tinha eu tomado o pequeno almoço às 8e tal))

Espero não tornar tão cedo a lá voltar… por todos os motivos

2 comentários:

DANTE disse...

Eu se fosse a ti voltava! Dá temas para excelentes posts. lolololol

Jokas :)

Soraia disse...

DANTE :

se fosse por esse motivo... às tantas voltava lol

desde que as conversas fossem num curto espaço e que nao tivesse que tornar a esperar tanto tempo :P

é que em pouco tempo tambem se ouve muita estupidez eheheh

beijo :)